Pages

domingo, 9 de maio de 2010

sobre vida e sentimentos

Olá. Sinceramente, nem sei porque estou postando. Mas acho que posto pra desabafar alguma coisa aqui, já que aqui é meu espaço pra isso.
Hoje eu estou apreensivo, entediado, nervoso, de um lado feliz e de outro triste.
APREENSIVO porque amanhã começo um novo trabalho totalmente diferente daquilo que já fiz na vida. Tudo o que eu aprendi a fazer para ganhar dinheiro foi arte. Amanhã eu fico sentado em outra cidade, com gente que mal conhecendo e ligando pra Deus e o Mundo tentando vender produtos. Tudo para ter tranquilidade no final do mês. Mas até onde essa tranqüilidade valerá a pena? Só o tempo dirá.
ENTEDIADO porque hoje é domingo, nublado e isso tudo colabora pra quem vive numa cidade pequena se sentir assim. Aliás, em pós-balada e com intrigas entre amigos, que deixam as coisas piores.
TRISTE porque talvez deixe de dançar por um tempo. Porque já é complicado pra mim tentar a vida de bailarino por ter começado tarde e, agora, será mais ainda, pela falta de disponibilidade e oportunidade e também pelo tempo gasto com outras coisas.
FELIZ porque a balada de ontem rendeu alguma coisa. Pelo menos um pouco eu me senti atraente de novo. Apesar das constantes brigas com o espelho e medo dos chamados foras, ontem eu quebrei um pouco essa barreira e matei a saudade do que é estar em contato com outro corpo. Não fiz nada demais, apenas beijos e o fato de as pessoas estarem interessadas já me deixaram melhor.

Enfim, essa vida é complicada ao mesmo tempo em que é maravilhosa. Eu tenho tudo que eu quero e sempre quis materialmente, mas sentimentalmente, agora não tenho nada. Tenho meus amigos que amo muito e todos os dias me salvam do autosacrifício. Só não tenho qualquer pessoa a quem mandar um poema ou simplesmente um palco e plateia para me sentir útil ao mundo.
Eu sinceramente não sei até que ponto vou aguentar essa nova rotina. Não sei.

4 comentários:

Zaf disse...

Yeah babe!
You feel the exactly way I feel. I always think: "well... I'm definitely not supposed to spend 8 hours of my day standing behind a table, working on a office". Life is more than that. Does it worth it?
I mean-- It's really complicated, since maybe this is the only way (sometimes) to earn money and to build a good life. But does it really worth it? At the end of the day, when we lay down our heads on our pillows, is that exactly what we want for our lives? Is that what makes us feel alive and happy for doing something great?
I really don't think so. That's why I think I was born to fly, to discover and explore the world. Not to keep doing just one thing and accept that fucking routine as part of my life.

I wanna break rules, I wanna feel the rain on my skin and go for what I believe in--

Anyway, I used this little space to yell and say what I wanted.
I totally agree with you in that point. But calm down. Keep you head up and your eyes ahead.

Hugs.
Zaf

Vaninha® disse...

Ficou bonito por aqui
Bjs.

Fabi disse...

Volta logo, pra contar como foi...
Espero que tudo bem.
Beijos

NEYARA disse...

Pelo visto seu novo trabalho anda te consumindo muito tempo mesmo, mas espero que vc esteja feliz nessa nova fase e tenha encontrado tempo pra dançar e se sentir desejado, as vezes temos que nos desejar, para que os outros nos desejem tbm ;)
Beijo
http://harmless-monsters.zip.net/