Pages

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Palavra de adulto.

Alô? Quem? Oi! To bem e você? Ah, que bom. A vida. Ah... não tá a mesma coisa não, viu? Lembra daquela época em que a gente chegava da escola e brincava o dia todo, ou, ficava vendo TV e jogando video-game? Então, tudo aquilo acabou. Mesmo! Acontece, que tudo vai mudando devagar, sabe? Ninguém percebe, e de repente a gente leva um susto! Porque tá tudo diferente. Eu não gosto mais de assistir aqueles desenhos de bichinho e nem brincar com bonecos. Não como mais bala de nem chupo chiclete que nem antes. O que? Ah! eu sei... mas tá diferente sabe?! Eu ainda chupo aquelas balas de banana que minha amiga me oferece, mas geralmente é por uma questão do gosto na boca, ou um bom hálito. As inteções mudaram.
Muitas delas. Não peço mais presente de Natal pro meu pai. Eu mesmo vou lá e compro o que eu quero. Minhas festas de aniversário nem tem mais bexiga. Aliás, nem tem mais festa. Antes eu ganhava um monte de brinquedos, depois passei a ganhar roupas e hoje ganho perfume, gravata, agenda... O dente de leite não cai mais sozinho! Eu preciso de ir no dentista e pagar se um dente quiser cair. Tá vendo como são as coisas?! Eu nem acredito.
Você também tá assim, né? Que coisa! Sabe o que eu queria? Bater uma foto minha agora, e mandar. Pra mim mesmo. Há uns anos atrás, pra quando eu era menino. Eu ficava imaginando como eu iria ser quando crescesse. E olha só! Será que eu iria gostar se soubesse?
Ah! sei lá... eu gosto de mim mesmo quando criança. E eu criança, será que gostaria de mim, agora, adulto?

Tá bom. Depois a gente se fala. Ta eu ligo sim! Outro. Tchau.

4 comentários:

Fabi disse...

Estranho é gostar tanto do seu all star azul...
(foi a primeira coisa que me veio a mente, assim que abri seu blog, rs)
Gostei... gostei muito!

Gueixa® & Samurai® disse...

Olá emnino (desculpe aintimidade)rsrsrs...Quando demos por nós já viramos adultos sem a maior cerimônica e não nos deram outra opão...mas pelo que vejo vc vai tirar de letra essa transição.
Bjs e volte sempre.

PS: o título do meu blog foi tirado de apelido carinhoso entre eu e meu namorado, o Samurai, é claro!

Ásafe disse...

Bah! Gostei do texto. Vc quem escreveu? Muito criativo! Realmente né... A vida muda... GOSTEI MEEEEEEEESMO do texto... Se me permite vou copiá-lo em um dia no meu blog... Falando nisso, passa lá?

http://ithinkbig.wordpress.com/

monica disse...

E hoje a gente fica imaginando como vai estar daqui uns 20 anos. Estranho, né? Toda essa história de crescer...Coisa de doido.